Escolha o Disjuntor Ideal para Ar Condicionado em 2024

Quando está muito quente, é ótimo entrar num lugar fresquinho com ar condicionado. 

Mas para que esse frescor continue seguro e constante, precisamos falar de uma peça muito importante: o disjuntor para ar condicionado.

Esse pequeno aparelho é um verdadeiro herói que cuida do nosso sistema de ar e da nossa segurança.

Muita gente não dá tanta atenção, mas escolher o disjuntor certo é super importante.

Vamos aprender juntos como escolher o disjuntor certo para o ar condicionado?

Escolhendo o Disjuntor Certo de Ar Condicionado

 

Por Que o Disjuntor É Fundamental para a Segurança

 

A segurança é super importante quando usamos o ar condicionado. O disjuntor, uma peça chave no sistema elétrico, cuida para que tudo fique seguro interrompendo a energia se houver muita carga ou um curto-circuito.

Essa funcionalidade evita não só danos ao ar condicionado mas também previne problemas maiores, como incêndios.

Então, escolher o disjuntor certo é garantir que o ar vai funcionar direitinho e com segurança, protegendo o equipamento e a casa.

Como o Disjuntor Protege Seu Ar Condicionado

 

O disjuntor age como um protetor do seu ar condicionado, sempre de olho na quantidade de energia que passa pelos fios.

Se algo estiver errado, como um problema no aparelho ou na instalação, ele desliga tudo na hora. Isso impede que o aparelho esquente demais e estrague partes importantes como o compressor.

É muito importante escolher o disjuntor certo para cada tipo de ar condicionado:

  • Para um ar de 9000 BTUs, normalmente se usa um disjuntor de 10 amperes, se for numa rede de 220V.

  • Ar de 12000 BTUs geralmente precisa de um disjuntor de 15 amperes.

  • E os mais potentes, de 18000 BTUs, podem precisar de disjuntores ainda mais fortes.

Existem tabelas que ajudam a escolher o disjuntor certo para cada tipo de ar condicionado e situação, o que é super útil para fazer a instalação correta e segura.

Escolher o disjuntor com cuidado não só faz seu aparelho durar mais, como também garante que ele funcione bem sem colocar nada em risco.

Qual a necessidade do disjuntor para ar condicionado?

O disjuntor é super importante para garantir a segurança e o funcionamento eficiente do ar condicionado, interrompendo a corrente em casos de sobrecarga ou curto-circuito, protegendo assim o sistema e prolongando a vida útil do aparelho.

Ao detectar essa sobrecarga, o disjuntor rapidamente interrompe a corrente elétrica, desligando o ar condicionado e impedindo que a sobrecarga cause maiores danos. Isso não só protege seu aparelho e sua casa, mas também evita riscos para sua família.

Como escolher o disjuntor correto para o ar condicionado?

A escolha deve considerar a capacidade e a tensão do ar condicionado, optando por um disjuntor que suporte a carga necessária. A utilização de disjuntores termomagnéticos é recomendada para uma solução mais abrangente.

Tipos de Disjuntores para Ar Condicionado

 

Homem comparando diferentes tipos de disjuntores para ar condicionado

Escolher o disjuntor certo é muito importante para que o ar condicionado funcione de forma segura e eficiente. 

No mercado, existem vários tipos de disjuntores para comprar, mas dois tipos são especialmente bons para ar condicionado: os disjuntores térmicos e os magnéticos. Cada um é melhor para situações diferentes.

Disjuntores Térmicos

Os disjuntores térmicos protegem contra sobrecargas que acontecem por muito tempo. Eles funcionam porque o metal dentro deles expande quando esquenta demais, devido à corrente elétrica alta. Isso faz com que eles sejam uma escolha segura para ar condicionado, principalmente para aparelhos de 9000 BTUs, 12000 BTUs e 18000 BTUs. Esses aparelhos têm uma demanda de energia que muda muito dependendo de quanto são usados e do clima.

Por exemplo, se você tem um ar de 9000 BTUs ou 12000 BTUs e usa uma rede de 220V, pensar em um disjuntor térmico pode ajudar a evitar problemas causados por essas sobrecargas que acontecem devagar, deixando tudo mais seguro e eficiente.

Disjuntores Magnéticos

Já os disjuntores magnéticos, protegem contra curtos-circuitos de forma muito rápida. Eles funcionam usando um princípio eletromagnético: se a corrente elétrica sobe de repente, isso cria um campo magnético que faz o disjuntor desligar o circuito na hora.

Esse tipo é ótimo quando precisamos de uma resposta rápida para problemas na rede elétrica.

Para quem tem ar condicionado em casa, geralmente numa rede de 220V, entender como escolher o disjuntor certo envolve pensar tanto na resposta rápida dos disjuntores magnéticos quanto na proteção dos disjuntores térmicos.

 Por isso, muitas vezes é bom escolher um disjuntor que misture as duas tecnologias, chamado de termomagnético, que oferece uma solução completa.

Quando consideramos coisas como qual fio usar para um ar de 9000 BTUs em 220V, ou a amperagem recomendada pelas tabelas especializadas, vemos como é importante fazer uma escolha cuidadosa. 

Não só os detalhes técnicos como BTUs e voltagem são importantes, mas também a qualidade dos materiais usados nos fios e até detalhes da caixa onde o disjuntor é instalado podem afetar o desempenho do sistema como um todo.

Como Escolher o Disjuntor Adequado

 

técnico em instalação predial de disjuntor de ar condicionado

Identificando a Capacidade Necessária

Escolher o disjuntor certo para o ar condicionado é crucial para uma instalação segura e eficiente. A capacidade do disjuntor, medida em amperes (A), deve combinar com a potência e o consumo de energia do aparelho. Por exemplo, um ar de 9000 BTUs geralmente precisa de um disjuntor de 20A se for ligado em uma rede de 220V. Já os modelos de 12000 BTUs podem precisar de um disjuntor de até 25A.

Para acertar na escolha, é importante considerar não só os BTUs, mas também a tensão da rede elétrica. No Brasil, 220V é bastante comum. Uma tabela de disjuntores para ar-condicionado 220V pode ajudar muito, mostrando rapidamente o disjuntor adequado para cada situação:

  • 9000 BTUs20A

  • 12000 BTUs25A

  • 18000 BTUs30A

Também é essencial escolher a bitola do fio adequada. Por exemplo, saber qual fio usar para um ar-condicionado de 9000 BTUs em 220V é fundamental para evitar sobrecargas e garantir que tudo funcione bem.

Considerações sobre Marcas e Qualidade

Escolher uma marca confiável é tão importante quanto acertar na amperagem. Marcas bem avaliadas oferecem disjuntores que seguem as normas técnicas e duram mais.

Em algumas instalações, especialmente as de 220V, pode ser necessário escolher um disjuntor bipolar. Esse tipo de disjuntor é mais seguro porque desliga dois polos ao mesmo tempo, sendo ideal para evitar acidentes durante falhas ou manutenções.

Instalação de Disjuntores para Ar Condicionado

Eletricista instalando um disjuntor de ar condicionado comercial

A instalação adequada de disjuntores é fundamental para garantir tanto a segurança quanto a eficiência dos sistemas de ar condicionado. Vamos seguir os passos para uma instalação segura e indicar quando é crucial a ajuda de um profissional.

Passos para Uma Instalação Segura

  1. Identificação da Capacidade do Disjuntor: O primeiro passo é determinar o disjuntor adequado para seu aparelho. Consulte tabelas de disjuntores para ar-condicionado de 220V para encontrar o disjuntor certo baseado na potência do aparelho em BTUs. Por exemplo, um ar de 9000 BTUs pode precisar de um disjuntor de 20 amperes, enquanto um de 12000 BTUs pode exigir 25 amperes.

  2. Seleção do Tipo de Disjuntor: É crucial escolher o tipo certo de disjuntor. Para circuitos de 220V, recomenda-se o uso de disjuntores bipolares, que oferecem proteção ampla contra sobrecargas.

  3. Escolha da Bitola do Fio: A bitola adequada do fio é essencial para a segurança. Utilize tabelas específicas para verificar a bitola necessária para o modelo do seu ar condicionado, assegurando que a instalação elétrica atenda aos padrões técnicos.

  4. Checagem dos Componentes: Antes de fazer a conexão final, revise todos os componentes da instalação elétrica para garantir que estejam de acordo com as normas e prontos para operar de forma segura e eficiente.

Quando Chamar um Profissional

Embora a instalação de disjuntores possa parecer simples, em algumas situações é indispensável a contratação de um profissional:

  • Dúvidas sobre Cálculos: Se você não tem certeza de como calcular o disjuntor necessário ou qual fio utilizar.

  • Instalações Complexas ou Antigas: Se a configuração elétrica do local é complexa ou não está atualizada com as normativas vigentes.

  • Sistemas de Grande Capacidade: Em instalações de sistemas de ar condicionado com mais de 18000 BTUs ou que envolvam complexidade adicional.

  • Insegurança na Instalação: Sempre que o instalador não se sentir confiante para realizar os procedimentos corretamente.

Nestes casos, um eletricista certificado não só garante que a instalação esteja conforme as normas técnicas, mas também evita riscos desnecessários relacionados à segurança.

Contratar um profissional oferece tranquilidade, sabendo que o sistema está corretamente instalado desde o início, evitando problemas futuros.

O que indicam problemas como a interrupção da energia ou aumento na conta de luz?

Esses problemas podem sinalizar a necessidade de revisão do disjuntor e da instalação elétrica. Interrupções frequentes e custos elevados de energia são sinais de que o sistema pode estar sobrecarregado ou com defeitos.

Manutenção e Solução de Problemas

 

Técnico em manutenção de disjuntores 12000 BTUS

Dicas de Manutenção Preventiva

 

É bom sempre checar as partes elétricas, como o disjuntor. Limpar os contatos do disjuntor ajuda a evitar problemas. Também é importante revisar a instalação elétrica para ter certeza de que tudo está certo.

É uma boa ideia olhar os cabos e as conexões uma vez por ano para achar problemas antes que eles causem estragos. Usar o fio certo para seu modelo de ar condicionado é essencial, seja ele de 9000 BTUs ou de 24000 BTUs, principalmente se for de 220V.

Usar disjuntores bipolares em sistemas de 220V também ajuda a manter tudo seguro e funcionando bem.

Como Identificar Problemas Comuns

 

Fique de olho nos sinais que seu ar condicionado mostra. Se ele parar de funcionar de repente ou não ligar, pode ser um problema com o disjuntor. Se a conta de luz subir muito, pode ser que o ar condicionado esteja usando mais energia do que deveria. Isso pode significar que o disjuntor não está certo.

Se você tem um ar de 9000 BTUs, 12000 BTUs ou 18000 BTUs e usa uma rede de 220V, verifique se a amperagem e o disjuntor estão certos, conforme o fabricante recomenda.

Se você não sabe como escolher o disjuntor ou o fio certo, especialmente para aparelhos como o de 9000 BTUs 220V, é melhor chamar um eletricista. Ele pode ajudar a evitar problemas e garantir que tudo está certo.

Fazer manutenção regularmente ajuda seu ar condicionado a durar mais tempo e mantém sua casa segura e confortável durante todo o ano.

Conclusão

 

Você precisa de um disjuntor de boa qualidade para seu ar condicionado por dois motivos principais. Primeiro, ele protege contra perigos como sobrecargas e curtos-circuitos, que podem até causar incêndios. Segundo, um disjuntor de alta qualidade ajuda a prolongar a vida útil do seu ar condicionado ao manter o sistema elétrico estável, reduzindo os gastos com reparos ou substituições frequentes.

Compartilhe o Artigo

Picture of Lucas Borges

Lucas Borges

Engenheiro Eletricista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e Técnico em Eletrônica há mais de 10 anos.

Siga nas Redes Sociais

Os Mais Lidos da Semana

Rolar para cima